Qual a diferença entre dB, dBA e dBC?

Qual a diferença entre dB, dBA e dBC?

O ouvido humano é um sofisticado sensor de som, ele codifica as informações contidas no som para serem interpretadas pelo cérebro. O decibel ou dB é a unidade de medida utilizada para quantificar a intensidade do som. O som pode ser quantificado de forma objetiva através da mensuração do Nível de Pressão Sonora (NPS) utilizando equipamentos específicos. Essa mensuração é realizada através de equipamentos contendo microfone e um conjunto de componentes eletrônicos chamado de Medidor de Nível de Pressão Sonora (MNPS).

O microfone é capaz de captar as variações de pressão acústica no ambiente e transformá-las em sinais elétricos que são analisados pelos componentes eletrônicos. O ouvido humano não é igualmente sensível em todas as frequências de som, ele é mais sensível à faixa entre 2000 Hz e 5000 Hz, e menos sensível para as frequências extremamente baixas e altas. Além disso, o ouvido humano responde diferente quando exposto à um ruído contínuo/intermitente e um ruído de impacto. Isso porque o ruído de impacto possui grande energia acústica durante um curto período de tempo, diferentemente do ruído contínuo/intermitente.

Devido a esse fato criou-se a escala dBA e dBC que levam em consideração essas influências, modelando o comportamento do ouvido humano de forma padronizada na frequência quando exposto à ruído contínuo/intermitente e de impacto, sendo assim possível estimar o NPS no ouvido humano. O gráfico a seguir apresenta as curvas dB, dBA e dBC.

Por exemplo: para um som de 70 dB em 1000 Hz, o ouvido humano percebe integralmente os 70 dBA e 70 dBC. Se este nível está em 100 Hz, o ouvido humano percebe 60 dBA e 70 dBC. Entretanto, se este nível está em 30 Hz, o ouvido humano percebe 30 dBA e 67 dBC.

A exposição ao ruído deve ser avaliada tanto para o ruído contínuo/intermitente quanto para ruído de impacto, sendo que para cada situação deve ser realizada uma análise específica. Quer saber mais? Entre em contato conosco (48) 3232-8023 ou laepi@laepi.com.br.

O Laboratório de Equipamentos de Proteção Individual (LAEPI), desde 2012 vem realizando o serviço relacionados a questões de ruído e vibrações, utilizando equipamentos e softwares de última geração e com pessoal técnico qualificado com a supervisão do Prof. Samir N. Y. Gerges, Ph.D. Além disso, o LAEPI é o único laboratório no Brasil acreditado pelo INMETRO para realizar ensaios de atenuação de ruído de protetores auditivos novos ou usados.

Deixe seu comentário